Comprar carro usado com crédito automóvel: dicas para fazer um bom negócio

Comprar carro usado com crédito automóvel é a solução para todos aqueles que precisam de um automóvel, mas ainda não conseguiram amealhar o suficiente para comprar um carro a pronto. Conheça os aspetos a que tem que ficar atento para fazer um bom negócio.

Atenção à duração do crédito

Os carros desvalorizam rapidamente. No dia seguinte à compra de um carro novo, já não vai conseguir pô-lo à venda pelo preço que o comprou. Por essa razão, comprar um carro usado com crédito automóvel pode significar que quando o carro tiver finalmente pago já não tem qualquer valor no mercado. Ao fim de 5 ou 10 anos ainda vai querer este automóvel ou já vai estar a sonhar com o próximo?

Opte por prazos de crédito curtos, se conseguir pagar mensalidades mais altas. Quanto maior for o prazo do crédito automóvel, mais juros vai pagar. É importante encontrar um equilíbrio entre a taxa de esforço (a mensalidade que pode suportar face aos seus rendimentos) e um prazo razoável de crédito, que não inviabilize uma venda futura e o obrigue a ficar agarrado a um carro que passou de moda.

Taxas mais altas nos usados

A principal diferença entre fazer um crédito automóvel para comprar um carro novo ou para comprar um carro usado são as taxas de juro. Em regra, as taxas de juro dos créditos para compra de carros usados são mais altas que as taxas de juros dos financiamentos de carros novos.

vantagem de comprar um carro usado com crédito automóvel é que sendo mais barato que o mesmo modelo novo, conseguirá liquidar o crédito em menos tempo, poupando nos juros e no capital.

Condições especiais nos stands

Pode dar-se o caso de o stand onde vai comprar o carro usado lhe propor a compra a crédito. Raramente os stands suportam o risco de financiar um crédito automóvel diretamente ao comprador, socorrendo-se de parcerias com empresas de crédito.

Oiça a proposta que lhe apresentam, mas não deixe de a comparar com outras do mercado. Por um lado, podem conseguir oferecer-lhe condições especiais, mas por outro, podem estar apenas de olho nas comissões que a empresa de crédito lhes vai pagar.

Poupar mais tempo ou pagar juros?

Pedir crédito para comprar um carro usado não é novidade, mas ainda causa estranheza a algumas pessoas. Provavelmente os seus amigos vão dizer-lhe que mais vale comprar a pronto um carro mais em conta ou esperar até juntar a quantia de que precisa, do que comprar carro usado com crédito automóvel.

Vale a pena fazer algumas contas à mensalidade (capital e juros) que vai pagar e perceber se poupando mais uns tempos não juntaria dinheiro suficiente para uma compra a pronto ou para dar uma entrada maior. Mas se anda a gastar rios de dinheiro na manutenção do seu atual automóvel não hesite mais. Esse dinheiro é melhor aplicado na compra de um novo veículo.

Renting, leasing, ADL ou crédito

Podem haver opções mais vantajosas para si que não sejam o crédito automóvel. Difícil é saber que modalidade escolher. Se quer usar o carro, mas não faz questão de ser o dono, pode optar por fazer um renting ou um leasing. Conheça as diferenças:

  • Crédito automóvel: modalidade de financiamento para aquisição de um carro novo ou usado. Durante a duração do contrato de crédito a viatura permanece em nome do cliente, com reserva de propriedade a favor da entidade financeira.
  • Renting: aluguer automóvel em que o cliente não só utiliza o carro como também tem acesso a serviços de assistência e manutenção. Está limitado a um período de tempo e a uma determinada quilometragem estabelecida à data da celebração do contrato.
  • Leasing: cedência temporária da viatura ao cliente em troca do pagamento de uma mensalidade. No final do contrato, o cliente pode optar por comprar o carro, pagando o remanescente (valor residual), ou pode entregar o carro à locadora. Use o simulador de leasing.
  • ADL ou aluguer de longa duração: modalidade de leasing que obriga o cliente a comprar o carro no final do contrato.

Onde fazer o crédito automóvel

Praticamente todos os bancos e entidades de crédito têm opções de crédito automóvel para compra de carros usados. Nalgumas entidades encontrará condições especialmente direcionadas para a compra de carros usados, como seja a inclusão no financiamento de um valor extra para despesas com reparação ou pintura.

Verifique se existem limites de antiguidade da viatura, para evitar o agravamento dos juros devido à idade do automóvel. Fique, igualmente, atento ao impacto do valor dos seguros obrigatórios no montante total do crédito.