As contas bancárias conjuntas possuem algumas características especiais que as distinguem das restantes contas bancárias.

Tipos de contas bancárias

As contas bancárias podem ser singulares ou coletivas, isto é, com mais do que uma assinatura (mais do que uma pessoa detentora da conta). As contas coletivas têm assim vários titulares que podem ser pessoas singulares ou pessoas coletivas. Entre as contas bancárias coletivas encontramos:

Quanto às contas conjuntas, estas têm uma especificidade a destacar-se claramente: elas só podem ser movimentadas por todos os titulares da conta.

Vantagens e desvantagens das contas conjuntas

As contas conjuntas são conhecidas pela segurança apertada, dado ser precisa a autorização de todos os titulares para se fazer movimentações na conta. Desta forma, elas são ideais para casais, para uma empresa, ou mesmo para um condomínio, onde só se pode mexer na conta com o conhecimento de todos.

A desvantagem destas contas está na sua falta de prática. Quem precisar de movimentar dinheiro com urgência não o consegue sem o consentimento de todos os titulares. Em caso de falecimento, por exemplo, podem surgir situações delicadas, como o dinheiro ficar parado no banco, se os herdeiros não falarem entre si e não quiserem levantar o dinheiro em conjunto.