Cuidados a ter ao comprar carros usados baratos

Para comprar carros usados baratos basta fazer uma pesquisa online em sites como o OLX e o Standvirtual e marcar uma visita ao automóvel usado com o seu respetivo vendedor. Mas chegada a altura da visita, é necessário ter alguns cuidados para avaliar o estado do carro usado, caso contrário as despesas com o automóvel podem começar a subir, e o que é barato acaba por se tornar caro.

Para evitar complicações, deve-se marcar encontros em locais públicos e abertos, à luz do dia, sem chuva, para verificar devidamente a viatura. Faça-se acompanhar de alguém que perceba de mecânica de viaturas.

1. Verificar o exterior do veículo

A nível externo deve-se verificar:

  • se existe ferrugem na carroçaria, amolgadelas ou mossas;
  • se existem bolhas ou descontinuidades na pintura;
  • o alinhamento dos painéis;
  • se as portas abrem e fecham devidamente (incluindo capot);
  • se as borrachas estão furadas, permitindo a entrada de água;
  • o estado das luzes;
  • o desgaste dos pneus (inclusive se corresponde à quilometragem do carro);
  • se os quatro amortecedores não abanam mais de duas vezes cada.

2. Verificar o interior da viatura

A nível do interior do carro usado deve averiguar:

  • o estado dos estofos e do tablier;
  • o funcionamento dos cintos;
  • o funcionamento dos vidros, das portas, das escovas, do rádio, comandos de aquecimento, etc.;
  • se os tapetes escondem defeitos;
  • se o volante, a buzina, os pedais e o travão funcionam devidamente;
  • se o volante, estofos e pedais condizem com a quilometragem do carro;
  • se o número do chassi (gravado tradicionalmente junto ao motor) equivale ao número no registo de propriedade do carro.
  • se existem sinais de soldadura ou colagem junto da placa de identificação;
  • se há indícios de fuga de óleo perto do motor;
  • o estado do circuito de arrefecimento;
  • o estado da bateria (deve ter menos 4 anos);

Para analisar todas as especificidades de um carro usado pode imprimir e levar consigo para a visita a extensiva check-list da DECO

3. Testar a viatura

Chegada a altura de fazer o test-drive, deve-se fazer duas viagens, uma como pendura, para prestar atenção a ruídos, vibrações, fumos e ao funcionamento geral do veículo, e outra como condutor, onde se examina em especial:

  • a embraiagem e a entrada das mudanças;
  • as acelerações e a resposta do motor;
  • as travagens;
  • se a direção foge ao largar o volante por poucos segundos;
  • se a temperatura aumenta rapidamente.

4. Verificar toda a documentação do veículo

Consulte se todos os documentos do carro estão em ordem, desde o livro de revisões e o papel das revisões, ao documento único automóvel e aos códigos de segurança. Verifique se o IUC está pago nas Finanças e pergunte sobre o histórico do veículo no IMT.

Veja se o carro possui reserva de propriedade e se o nome do vendedor é o mesmo que se encontra nos documentos da viatura.

5. Esclarecer as condições da venda

É necessário perguntar sobre a garantia do veículo. Por lei, a garantia destes bens é de 2 anos, mas pode ser acordada uma garantia mais curta, de apenas um ano, por contrato. Se aceitar esta diminuição, peça um documento que detalhe o estado do carro e os termos da garantia. Na compra a particulares não existe obrigatoriedade de garantia.

Informe-se também sobre a possibilidade de devolução e de restituição do pagamento.