Voltar ao trabalho depois das férias sem stress não é uma utopia. Para evitar o cansaço e a tristeza associados ao regresso à vida laboral, siga os nossos conselhos.

Tristeza, irritabilidade, cansaço e até alterações no sono e no apetite são reações quase inevitáveis associadas ao aproximar do regresso ao trabalho. Estes são sintomas típicos da depressão pós-férias. Mas há formas de passar por cima disto para evitar voltar ao trabalho sem stress.

7 dicas para regressar ao trabalho sem stress

  1. Planeie o regresso ao trabalho, de forma a não deixar que a situação se descontrole. Se avisar do seu período de férias e delegar tarefas, menos terá acumulado para quando voltar. Veja o que fazer no trabalho antes de ir de férias.
  2. Divida as férias em períodos mais curtos, distribuindo-as ao longo do ano. Sentirá menos as alterações de rotinas e reduz o impacto do stress pós-férias;
  3. Não regressar de férias na véspera do regresso ao trabalho é outra das estratégias. Volte a casa um ou dois dias antes para poder arrumar tudo e preparar-se mentalmente para o regresso à rotina;
  4. Sempre que sentir ansiedade por estar a voltar ao trabalho, pense e repita uma afirmação positiva que o faça sentir-se bem;
  5. Termine os primeiros dias do regresso ao trabalho com caminhadas regulares ou um convívio com amigos. Vão ajudá-lo a aliviar o stress associado à mudança de rotina;
  6. Deitar cada vez mais cedo uns dias antes de regressar de trabalho é outra das sugestões. Assim, a transição será gradual, reduzindo o stress associado aos horários associados a uma obrigação. Tente dormir entre 7 a 8 horas por noite para recuperar as energias;
  7. Já de volta ao trabalho, estabeleça prioridades. Não queira fazer tudo de uma só vez para compensar os dias de ausência.

Se ainda assim os sintomas persistirem é pouco provável que seja stress associado apenas ao fim das férias e ao regresso ao trabalho. Pense se não são reflexo de insatisfação pela situação laboral. A este propósito, conheça o nível de stress no trabalho em Portugal.