O primeiro passo para retirar o IVA a um valor, pressupõe que saiba a taxa de IVA aplicável. Certifique-se da categoria em que se classifica o artigo.

Agora, vamos a um exemplo de como retirar o IVA a um valor:

  • pretende comprar um computador numa campanha "sem IVA";
  • o preço com IVA é de 499 euros;
  • a taxa de IVA em computadores é de 23%.

Para retirar o montante de imposto aos 499 euros, a conta é muito simples:

Preço do computador sem IVA = 499,00 / 1,23 = 405,70. O computador na campanha sem IVA, vai custar 405,70 euros, em vez dos 499 euros.

A conta efetuada "499 / 1,23" é uma simplificação matemática. Vamos ver de onde ela vem ("andando ao contrário"):

  • um computador custa 405,70
  • está sujeito a IVA de 23%
  • vai pagar o preço base do computador e o IVA sobre o preço base: paga então 405,70 + 405,70 x 23%
  • a matemática ensina-nos a simplificar, colocando em evidência o fator comum (405,70)
  • então 405,70 + 405,70 x 23% = 405,70 x (1+23%)
  • e 23% = 23/100 = 0,23, então
  • 405,70 x (1+23%) = 405,70 x (1+0,23) = 405,70 x 1,23 = 499

Daqui resulta que Preço com IVA = preço base x 1,23.

Então, para o nosso caso concreto: Preço base = preço com IVA / 1,23. É daqui que o preço base do nosso computador resulta em 405,70 (499/1,23). 

Tenha atenção ao seguinte cálculo errado:

  • calcular 23% sobre 499 "para obter o IVA": 23% x 499 = 114,77
  • depois, abater os 114,77 aos 499, para obter o preço sem IVA: 499-114,77 = 384,23

Explicamos por que motivo está errado:

  • ao calcular 23% de 499, obtém o valor do IVA sobre um preço de 499. Como se 499 fosse um preço sem IVA. 
  • mas, afinal, 499 já é um preço com IVA. O que se pretende é retirar o IVA que está incluído ("dentro") dos 499.
  • na verdade, se fizesse isto, estaria a calcular o IVA sobre um preço com IVA incluído, e não sobre o preço base (sem IVA).

A conta correta a fazer é sempre a mesma. Só muda o fator pelo qual vai dividir: se o IVA for 6%, divide por 1,06. Se for 13%, divide por 1,13:

  • Se comprar um vinho tinto do Alentejo por 7,50 euros, terá que lhe retirar 13% de IVA, para saber o preço base: 7,50 / 1,13 = 6,64 euros (preço sem IVA).
  • Se comprar um pacote de arroz por 1,50 euros, terá que lhe retirar 6% de IVA. O arroz sem imposto ficaria por 1,50/1,06 = 1,42 euros.

Nos Açores e Madeira, a lógica e o raciocínio são os mesmos, só mudam as taxas.  As taxas de IVA em vigor no Continente, Madeira e Açores, são as seguintes:

  • Taxa normal – 23% no Continente, 22% na Madeira e 16% nos Açores
  • Taxa intermédia – 13% no Continente, 12% na Madeira e 9% nos Açores
  • Taxa reduzida – 6% em Portugal Continental, 5% na Madeira e 4% nos Açores

Veja também como calcular o IVA.

Paula Vieira
Paula Vieira

Economista pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto. É consultora em processos de fusão e aquisição de empresas, finanças e gestão.