Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.

Como reinvestir o lucro da empresa

Quando a empresa dá lucro, deve apenas distribuir o dinheiro pelos sócios? Pode optar por reinvestir esse lucro na própria organização. Dizemos-lhe como e como pode ganhar com isso.

Se a prestação da empresa já passou do saldo positivo para uma situação de lucro, a tendência inicial será para o dividir pelos sócios. Mas há que pensar que essa mais-valia pode fazer crescer ainda mais a organização e gerar ainda mais lucro. Daí a sugestão para reinvestir. Como?

1. Criar uma reserva

Porque não reinvestir esse lucro numa espécie de reserva de dinheiro? Seja para compensar os efeitos da sazonalidade, em alguns negócios, ou simplesmente para responder a momentos de dificuldades de caixa. Direcionando para aí parte do lucro, poderá recorrer a esse fundo para cumprir os seus compromissos sem ter que recorrer a outras fontes de financiamento.

2. Melhorar a estrutura da empresa

Substituir equipamentos para aumentar a produtividade ou trocar de viaturas para minimizar custos de manutenção são outras formas possíveis de reinvestir o lucro da empresa.

Mas porque a estrutura também se faz de pessoas, o lucro retido pode ser reinvestido na melhoria dos recursos humanos, promovendo ações de formação. Além de mais competentes, ficarão certamente mais motivados. E se motivação gera trabalho, trabalhar gera habitualmente mais lucro.

Esta é também uma boa altura para aumentar os funcionários, de forma a manter a motivação destes no trabalho. 

3. Investir a longo prazo

Mas reinvestir o lucro pode também passar pelo chamado pagamento de dividendos aos sócios. Isto se pensarmos que não vão usar apenas os lucros recebidos a título pessoal. Aliás, ao ganharem pelo bom desempenho da organização, poderão ficar ainda mais motivados para apostarem no seu crescimento, mesmo que seja a longo prazo.

Neste caso concreto, serão os próprios sócios a reinvestir os lucros recebidos, podendo fazê-lo através de um reforço do capital, apostando em ativos bancários ou mesmo imóveis para onde a empresa poderá crescer.

4. Obter benefícios fiscais

Reinvestir pode fazer a empresa crescer ainda mais e ainda lhe traz benefícios. Em Portugal, uma Pequena ou Média Empresa (PME) pode deduzir à coleta do IRC até 10% dos lucros que reinvestiu em ativos considerados elegíveis. Faça as contas a quanto a sua empresa pode ganhar com isso, conhecendo a taxa de IRC em vigor para PME's.​