Saiba como pedir dinheiro de volta que foi emprestado a familiares ou amigos de forma educada. Emprestar dinheiro a amigos e familiares é uma questão sensível, assim como é falar sobre dinheiro sem afetar relações.

Falar cara a cara

Não peça dinheiro por mensagem escrita. Fale diretamente com a pessoa que lhe deve dinheiro para evitar mal-entendidos. Marque um encontro informal para simplesmente colocar a conversa em dia.

Puxar a conversa

As formas de abordagem sobre o assunto são variadas. Pode ser mais ou menos direto ao assunto. As formas diretas são mais objetivas e não dão hipóteses de fuga à questão, mas podem ferir as suscetibilidades do ouvinte. As formas indiretas são leves para o ouvinte, mas podem entrar por um ouvido e sair por outro.

Pedir diretamente

Depois de falar sobre diferentes tópicos, pode perguntar educadamente se a pessoa se lembra do empréstimo que lhe concedeu. Em caso negativo, relembre o facto. Em caso afirmativo, pergunte quando pode contar com o dinheiro de volta. Se o dinheiro lhe estiver a fazer falta, não tenha vergonha em o dizer, a não ser que tenha estipulado um prazo para o pagamento que ainda não passou. Diga que gostava ou que precisava de ter o dinheiro até ao dia X.

Pedir indiretamente

Se o dinheiro foi usado para pagar um determinado bem, como um automóvel, pergunte por esse mesmo bem. Depois introduza a questão da devolução do empréstimo, se a pessoa não o mencionar o assunto já por ela.

Também pode relembrar que ficou feliz em ter ajudado essa pessoa quando ela precisava. Esta tática tenta apelar ao lado humano e sentimental, ajudando a baixar as hostilidades do tópico do dinheiro. A pessoa pode sentir-se mal por não ter ainda pago o devido e prometer pagar brevemente.

Estipular um prazo

Peça diretamente ou indiretamente o seu dinheiro de volta, o essencial é que estipule um prazo para a devolução do dinheiro, caso contrário a situação só se arrastará sem uma definição.

Se necessário, reparta o pagamento em prestações ou deixe a outra pessoa pagar-lhe pequenas despesas, como o jantar, de tempos em tempos, sem esquecer nunca o valor total do empréstimo. Pergunte se a pessoa pode pagar X dinheiro de mês a mês.