Como melhorar a carreira profissional com base nos videojogos

Como melhorar a carreira profissional? Através das lições que os videojogos oferecem. Parece-lhe confusa ou despropositada a ideia? Não a avalie já. Leia até ao fim. Não tem de inserir nenhuma moeda para ler.

Vida 1: perder o medo de falhar

O medo de morrer nos videojogos é pequeno ou mesmo nenhum. É possível começar de novo, muitas vezes do mesmo ponto onde se falhou. No mundo do trabalho também não pode estagnar, com medo de falhar. Se quiser ter sucesso, tem de tentar, de inovar e de aperfeiçoar. Não vai morrer se falhar uma ou duas vezes no trabalho. Atire-se de cabeça.

Vida 2: começar de novo

É sempre possível começar de novo na carreira profissional, tal como nos videojogos, onde se recomeça a jogar num novo local ou no local onde se morreu. Nem que seja necessário mudar de carreira aos 30 ou 40 anos (ou mais tarde), é sempre possível recomeçar.

Vida 3: tentar algo de novo

Quando se está preso num nível, o mais aconselhado é tentar algo de novo. Na sua carreira profissional pode ter de mudar a sua forma de trabalhar, ter de mudar de emprego ou mesmo de carreira. Sempre que estiver preso no trabalho, mude a sua forma de atuar.

Vida 4: desistir quando é preciso

Desistir é uma opção nos videojogos. No trabalho também. Em certas alturas é necessário dar o braço a torcer e despedir-se. Lembre-se da velha máxima de que quando se fecha uma porta, abre-se uma janela (ou entra-se num novo nível).

Vida 5: praticar até à perfeição

Muitos jogos começam com tutoriais e contêm um modo de treino por alguma razão. É pela prática que o jogador vai chegar à perfeição. Quanto melhor dominar a sua arte, mais chances terá de ser bem-sucedido no trabalho.

Vida 6: escrever a própria história

Os videojogos podem ter diferentes finais. Tal como as carreiras profissionais. As decisões que se tomam durante o jogo (e durante a carreira) ditam o resultado final. A ideia fundamental a reter, é que a carreira é um mundo aberto que o trabalhador pode explorar a gosto.

Vida 7: seguir dicas e intuição

No início de um jogo e no início da vida profissional há sempre alguém que dá dicas de como agir. Estas dicas podem ser importantes de início, mas com o passar do tempo, depois de se perceber as regras do jogo, é necessário saber agir sozinho, seguindo a intuição.

Vida 8: escolher parceiros

Contudo, nem sempre se está sozinho no jogo. Por vezes encontram-se parceiros que ajudam a atingir novas conquistas. Aceite ajudas de jogadores que lhe pareçam constituir boas alianças. Essas ajudam podem vir da própria família.

Veja como fazer parcerias de sucesso e como aumentar uma rede de contactos.

Vida 9: especializar-se

Dentro de um jogo pode escolher ser um tipo de personagem, especializada num determinado sector (força, armas, magia, etc). No mundo do trabalho também pode ficar a ganhar com a especialidade num determinado campo, ficando acima de restantes candidatos e profissionais. Aposte na sua formação.

Vida 10: subir de nível

A especialização é uma forma de subir níveis no trabalho. Mas existirão outras. Encontre meios de subir de nível no trabalho, sendo promovido e recompensado pelo seu esforço.

Vida 11: escolher a maior missão

Num jogo, pode entrar em diferentes missões. Quanto mais difícil a missão, maior é a recompensa final pela concretização dessa missão. Pode contentar-se com pouco, mas para ter grandes resultados numa carreia profissional também terá de se esforçar ao máximo, escolhendo as missões mais complexas.

Vida 12: vencer adversários

Os adversários são imensos num jogo, com destaque para os “bosses”, os adamastores de desafio final de cada nível. Não lhe faltarão vilões a derrubar durante a carreira, podendo até ter de enfrentar um mau patrão. Aproveite cada obstáculo para se tornar num melhor jogador, ou dito de outra forma, num melhor profissional.

Game over. Pode voltar ao trabalho.