Como limitar as compras por impulso

Há compras por necessidade e outras por impulso que podem ter efeitos bem negativos na carteira. Veja como pode limitar as compras por impulso, para evitar situações financeiramente desagradáveis. Uma pessoa acaba por se arrepender de muitas compras que faz por impulso.

1. Usar uma lista de compras

Não é 100% garantido, mas ir às compras com uma lista do que realmente precisa ajuda a limitar as compras por impulso. Até porque a sua mente está direcionada para o que escreveu, podendo de certa forma abstrair-se das estratégias dos supermercados para adquirir outros produtos.

2. Pagar em dinheiro

Se sair de casa com o que precisa em mente e levar apenas o dinheiro necessário para essas compras, reduz a tentação de comprar o que não precisa. Se, ao invés, usar cartão de crédito, terá na carteira o melhor amigo das compras por impulso.

3. Fazer orçamentos distintos

Para não cair no extremo de não comprar nada por desejo e sentir-se menos feliz por isso, crie dois orçamentos. Separe a parte dos rendimentos – ou da poupança – que pode reservar para algo que não necessita, mas que gostaria de ter. Ainda assim, não se esqueça de comprar preços para não ceder ao impulso de adquirir o primeiro artigo que vir.

4. Planeie a ida aos saldos

Haverá época mais propícia às compras por impulso do que os saldos? Por isso, a época das rebaixas exige preparação para evitar tristezas no regresso a casa ou quando vir o extrato do cartão. É incontestável que os descontos compensam algum esforço, desde que vá realmente usar a peça, quando se trata de roupa, por exemplo. Pense se vai conjugar essa peça com o que já tem ou se não será mais vantajoso gastar esse dinheiro numa outra que faça mais falta no seu guarda-roupa.

Outra questão a ter em conta nos saldos é a tendência da moda. Tente não ceder ao impulso de comprar o que está em voga, lembrando-se que são promoções de fim da estação. No ano seguinte, podem estar completamente desenquadradas e concluir que foi investimento em vão.

Se é na internet que habitualmente comete mais pecados consumistas, veja como limitar as compras online por impulso.