Como fazer um orçamento familiar

Fazer o orçamento familiar é um requisito da boa gestão das finanças mensais. Veja como fazer o seu orçamento familiar e descubra se está a gerir o seu dinheiro da melhor forma.

Despesas e receitas de um orçamento familiar

Comece por enumerar todas as despesas e todas as receitas mensais. Junte todos os recibos, faturas, extratos bancários e documentação. Identifique:

  • despesas fixas (créditos, rendas, condomínio, escola, seguros, água, luz, gás, ginásio, telecomunicações, transportes, assinaturas de revistas, etc.)
  • despesas variáveis (alimentação, férias, vestuário, saúde, lazer, cultura, jogos da sorte, presentes, etc.)
  • receitas fixas (salário, rendas, etc.)
  • receitas variáveis (trabalho extra, vendas, juros, subsídios, etc.)

Num documento Excel, por exemplo, some tanto as despesas como as receitas. Depois, faça um saldo entre os rendimentos e as despesas, subtraindo o total dos rendimentos pelo total das despesas.

Onde cortar o orçamento familiar?

Se o resultado do saldo apontar despesas consideráveis e pouco lucro, está na hora de disciplinar o orçamento familiar. Os cortes são feitos mais facilmente nas despesas variáveis, mas as despesas fixas são para ter também em conta na busca incessante pela poupança.

Entre muitas hipóteses, pode optar por férias mais baratas, selecionar as saídas (diminuindo a sua frequência), comprar com cabeça no supermercado, levar o almoço para o trabalho, comprar roupa em época de saldos, assinar tarifários mais baratos, etc.

Se as despesas do orçamento familiar ultrapassarem as receitas está a entrar em situação crítica, de endividamento. É preciso delinear uma quantia para cobrir as despesas e fazer cortes que no seu total garantam essa mesma quantia.

Gerir o orçamento familiar

Depois de fazer o saldo do orçamento familiar deve traçar um valor de poupança mensal, como por exemplo 10% e estipular medidas para o alcançar. O orçamento familiar criado serve como base para as decisões financeiras a tomar e como forma de controlar as despesas.

Todos os meses deve atualizar o orçamento familiar e conferir se este está a ter o impacto desejado ou se necessita de reajustamentos.

Pondere cortar algumas assinaturas: