Como escolher o melhor cartão de crédito para si

É preciso saber como escolher um cartão de crédito e aprender a usar o mesmo corretamente. Ter um cartão de crédito está longe de ser uma constante luz verde para fazer compras. Podem surgir surpresas desagradáveis e despesas inesperadas. Para o evitar, veja como escolher o melhor cartão de crédito para si.

A oferta é diversificada e os pormenores só conhece quando assina o contrato, mas há questões que deve responder a si próprio para melhor escolher. A ideia é que seja uma solução para as suas necessidades e não um problema.

Escolher um sistema de pagamento

Se nunca utilizou cartão de crédito, saiba que nem todos são aceites em todas as lojas. Há espaços que utilizam apenas o sistema de pagamento Visa e outros o MasterCard, embora sejam cada vez mais comuns os estabelecimentos a aceitar ambos. Se está a pensar utilizar o cartão numa loja em particular, informe-se primeiro.

Conheça as diferenças entre Visa e MasterCard.

Qual vai ser o uso do cartão de crédito?

Como espera utilizar o cartão de crédito? Com frequência ou esporadicamente? Para pequenas quantias ou avultadas? Convém saber que utilização espera dar ao cartão para definir o limite de crédito a disponibilizar pelo banco. Pediu-o para responder às suas necessidades, mas certifique-se que corresponde às suas possibilidades financeiras. Daí o conselho recorrente de começar por um plafond de crédito baixo.

Ver os prazos de pagamento e juros

Deve ainda prestar atenção aos prazos de pagamento que terá para liquidar as despesas efetuadas com o cartão de crédito. O melhor cartão de crédito para si será o que lhe ofereça um prazo mais alargado sem juros. Normalmente, variam entre os 20 e os 50 dias. E não são cobrados juros para pagamentos mensais da totalidade do saldo.

A anuidade a pagar

É sempre apresentada como mais-valia pelos bancos: a oferta da primeira anuidade. Menos uma dor de cabeça, pensará o consumidor. Mas é melhor acautelar de início a despesa que lhe poderá acarretar. Para minimizar esse impacto, os bancos têm associado diversos benefícios aos cartões de crédito. Desde acumulação de pontos para serviços ou produtos, milhas para viagens até descontos em combustíveis. Outros mantêm a oferta da anuidade, em troca de um valor mais alto de compras. É só escolher qual será o cenário mais vantajoso.

Pesados estes fatores, poderá ter reduzido o leque de escolha de um cartão de crédito, por entre as imensas ofertas das entidades bancárias. Mas para ficar mais elucidado, pode fazer uma simulação através do Plano Nacional de Formação Financeira.