Dizer ao patrão que está grávida pode ser complicado. Apesar das grávidas terem os seus direitos no trabalho, e do despedimento de trabalhadora grávida ser ilegal, ainda se encontra alguma relutância relativamente à gravidez no trabalho. Para enfrentar este momento sem os nervos em franja, confira como comunicar ao chefe que está grávida.

Antecedência

Deve dizer ao patrão que está grávida com bastante antecedência, para ser possível tomar medidas atempadamente. Será necessário reajustar o trabalho e possivelmente, encontrar alguém para substituir a grávida temporariamente, já para não falar em planear a licença de maternidade e em eventuais mudanças a fazer no local de trabalho.

Mal tenha um plano médico sobre a data do nascimento e dos exames a realizar, pode começar a planear dar a notícia ao seu chefe.

Momento

Escolha um bom momento para dar a notícia, quando estiver sozinha com o chefe, numa ocasião de trabalho menos caótica e mais informal, de preferência quando já tiver concluído (ou em vias de concluir) algum trabalho importante.

Deve informar o chefe primeiro e só depois os colegas de trabalho, para ele ter conhecimento da notícia pela própria pessoa. Espere por um momento descontraído do seu patrão para lhe dar a notícia.

Positivismo

Seja direta e positiva ao comunicar a gravidez no trabalho. Passe a mensagem com um sorriso e com tranquilidade. Pode simplesmente começar por dizer ao seu patrão que tem novidades que quer partilhar com ele, dando então a notícia de que está grávida e ansiosa por ter o filho, esperando o seu apoio nesta fase importante da sua vida.

Lembre-se de que há razões para as empresas contratarem mães recentes e leis contra o despedimento destas.

Esteja também ciente dos direitos dos pais e mães durante a gravidez.

Planeamento

Também pode entregar um plano ao seu chefe com as datas previstas de ausência para exames, as datas da licença de maternidade e a data aproximada para o parto. Assegure-lhe que a gravidez não vai interferir na qualidade do seu trabalho e que poderá formar alguém para a substituir em certas tarefas.