Como deixar de ser viciado em trabalho

Ser viciado em trabalho não é benéfico para o trabalhador, que coloca a sua saúde em causa, nem é necessariamente vantajoso para o empregador, já que quantidade não é qualidade, podendo o trabalho estar a ser mal realizado.

Se acha que é um viciado em trabalho então está na hora de reduzir todo o impacto que o trabalho tem na sua vida e na sua sanidade.

1. Definir as prioridades

Como dizia Thoreau, não é suficiente estar ocupado, as formigas também o estão, o que importa é aquilo que nos ocupa. Saiba canalizar toda a sua vontade de trabalhar para as prioridades no seu cargo. Lembre-se que pode ser despedido mesmo trabalhando como um mouro.

Quando estiver ocupado, com bastantes tarefas em mão, tem de saber dizer não a mais trabalho.

2. Estabelecer um horário fixo

Estabeleça um horário para trabalhar e respeite-o religiosamente. Fora deste horário não pode pensar sequer em trabalho. Não vale almoçar no trabalho. Guarde um dia como o sábado para se desligar completamente da tecnologia, se trabalha todo o dia ao computador, por exemplo.

3. Fazer pausas no trabalho

Dentro do horário de trabalho tem ainda de guardar um espaço para pausas. Fazer pausas no trabalho traz benefícios importantes, pelo que deve tentar diferentes formas de fazer pausas no trabalho e desanuviar a cabeça.

4. Ter hobbies apaixonantes

Se tem energia e vontade de fazer algo mais, ou se quer transferir o vício do trabalho para algo de produtivo para si, então aposte num hobby que lhe traga felicidade. Alguns hobbies podem mesmo ser uma fonte de rendimento. Outros hobbies podem-no deixar mais inteligente.

Tente praticar desporto duas vezes por semana. A saúde mental depende da saúde física.

5. Socializar mais

Marque encontros com os amigos e mantenha-se em contacto com a família. Mantenha-se envolvido socialmente com aqueles que mais gosta para se alhear mais facilmente do peso do trabalho.

Não perder as coisas boas da vida é uma das razões para deixar de ser viciado em trabalho.

6. Variar no quotidiano

Mesmo que seja um viciado em trabalho por paixão, pode sempre introduzir variedade no seu quotidiano e encontrar novas paixões, que não sejam tão prejudiciais ao seu corpo e mente.

Tente fugir à rotina e entrar em novas experiências. Pode fazer voluntariado, ler mais, dar explicações, viajar, etc.