Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.
Por: João Paulo Moura

Como conseguir o emprego que não se merece à partida

Conseguir um emprego com pouca experiência e para o qual não se reúne todos os requisitos é uma tarefa árdua, mas não é de si impossível. O segredo é tornar a candidatura interessante para o recrutador.

Fazer uma carta de apresentação única

Mesmo que não lho peçam, pode fazer uma carta de apresentação memorável, que o distinga da concorrência.

Trabalhar o currículo

É necessário editar o currículo para destacar o mais importante no perfil e na experiência para a vaga em questão. Saiba como fazer um currículo com pouca experiência, se o problema na sua candidatura está na falta de experiência.

Trabalhar a imagem online

Se o recrutador tiver interesse num candidato, ele vai pesquisar sobre este online. Garanta uma forte presença online, com um perfil completo no LinkedIn, com uma boa imagem no Facebook e com um portefólio de trabalhos de qualidade.

Usar contactos para prestar referências

Se quer fazer uma mudança na carreira e não tem propriamente o melhor currículo para a vaga, então recorra aos seus contactos profissionais. Se alguém o recomendar como um excelente candidato de emprego, em determinadas áreas relevantes, o fosso entre o que é pedido no anúncio de emprego e o que se tem no currículo é facilmente diminuído.

Deixar carta de recomendação

Caso não conheça alguém que o recomende diretamente à empresa, pode pedir uma carta de recomendação para entregar depois junto dos recrutadores.

Ser convincente em entrevista

Como o currículo não pode falar por si, tem de mostrar em entrevista que é um sério candidato ao emprego. Seja convincente ao falar sobre si na entrevista e mostre como foi capaz de superar desafios no passado recente. Aponte falhas na empresa e como as colmatar.

Mostre que ter experiência noutra área é uma vantagem, um extra seu, trazendo uma nova visão para o trabalho. Como muita coisa pode ser ensinada, comprove que já tem a base para ser trabalhada.

Mais do que ser convincente em entrevista, seja entusiasta em todos os seus contactos com a empresa. O candidato interessado, motivado e com personalidade fica sempre na retina do recrutador.