Como calcular juros de mora

Como calcular juros de mora é uma operação relativamente simples, assente numa fórmula base. Além do montante em dívida, e dos dias em atraso, só precisa saber qual a taxa em vigor.

Se tem algum pagamento em atraso e já sabe que terá de compensar a entidade por não ter cumprido a sua obrigação, terá de pagar os juros de mora correspondentes ao montante em causa. Veja de que forma pode calcular o valor a pagar, já com a taxa percentual a aplicar.

Taxa de juros de mora de 4,966%

Primeiro, há que saber qual a taxa de juros de mora em vigor. Já foi de 1% sempre que o pagamento se efetivasse dentro do mês de calendário, mas passou a ter vigência anual, na sequência da publicação do Aviso nº 73/99, de 16 de março. Até 31 de dezembro de cada ano é fixada a taxa de juros de mora a vigorar no ano civil seguinte.

Assim, para 2017, a taxa está fixada em 4,966%. E é com base nesta taxa que vai calcular os juros de mora a pagar por dívidas ao Estado ou a outras entidades públicas. Como? Veja de seguida.

Estes são os dados de que vai necessitar para calcular os juros de mora:

  • quantia em dívida
  • taxa de juros de mora em vigor
  • nº de dias de incumprimento

Tenha em atenção que apenas conta até ao último dia do mês anterior ao pagamento.

Reunidas estas informações, basta aplicar a seguinte fórmula:

(Montante em dívida x taxa de juros de mora) / 365 dias x nº de dias de atraso

Se não tem a certeza se está em incumprimento, pode sempre consultar a lista de devedores ao Fisco.