O método mais utilizado para avaliar um ambiente de trabalho é realizar inquéritos aos trabalhadores. Para avaliar o ambiente de trabalho pode utilizar os seguintes critérios.

Medir o nível de comunicação

A comunicação entre superiores e trabalhadores é um dos pontos obrigatórios a considerar. A informação que eles passam e o esclarecimento que eles prestam é fundamental para um bom ambiente de trabalho.

A abertura demonstrada

A comunicação passa também pela escuta, pela disponibilidade para ouvir o outro e interiorizar as suas ideias e sugestões. Sem abertura a críticas, propostas e novas soluções não há qualidade no ambiente de trabalho.

A linguagem utilizada

A relação de igualdade entre trabalhadores e seus superiores pode ser medida pela linguagem por exemplo. A relação de igual para igual pode ser um critério para se avaliar o ambiente de trabalho.

Existe organização ou desorganização?

A organização é fulcral numa empresa. Ninguém gosta de trabalhar numa empresa caótica.

A qualidade das instalações

Uma empresa bem equipada será sempre mais apetecível para um trabalhador.

A frequência da contratação

A contratação de novos talentos para a empresa, com o intuito da sua expansão, e a forma como estes são recebidos também são critérios que se podem ter em conta na hora de avaliar a qualidade do ambiente de trabalho.

Haver ou não partilha

A partilha dos bons resultados da empresa, com a divisão de lucros e a organização de eventos para os colaboradores, diz muito sobre a satisfação com um ambiente de trabalho.

Uma boa cultura empresarial

Se um trabalhador tem liberdade para personalizar o seu espaço ou de usufruir dos espaços de lazer, por exemplo, já fala sobre a cultura empresarial criada.

Preste atenção aos sinais de que está num mau ambiente de trabalho.