Nem sempre os preços que vê são os preços finais. Veja como acrescentar o IVA a um valor, para saber quanto pagará efetivamente por um artigo ou serviço.

Quantas vezes já pediu orçamentos e lhe apresentaram valores, sublinhando tratar-se de preços sem IVA? Ou então estar a ver um catálogo, ver o preço mas com a informação “acrescentar IVA à taxa legal em vigor”?

Se já foi confrontado com este tipo de situações e não quer ser apanhado de surpresa na hora de pagar, siga estes passos para acrescentar o IVA ao valor em causa. Porque se em causa estiver a taxa normal de IVA, a 23%, vai ver que a diferença de valores é significativa.

Aprenda a acrescentar o IVA

Imagine que está na altura de trocar os pneus do seu carro e contacta a sua oficina habitual para saber preços. Respondem-lhe que à medida que indicou corresponde o preço de 44,00 euros por pneu, sem IVA. Já sabe que não é isso que vai pagar, porque não consegue ver-se livre do imposto. Qual será o custo real?

Os pneus encaixam na categoria mais abrangente do Imposto sobre o valor Acrescentado, a taxa normal de 23%. Só tem que pegar nos 44,00 euros e multiplicar por 0,23 para encontrar o IVA correspondente. Só de imposto, são 10,12 euros. Depois, soma os dois valores e chega ao preço final de 54,12 euros.

Fórmula de cálculo do valor do IVA:

Preço sem IVA x 0,23 (ou 0,13 ou 0,06, consoante a taxa aplicável = valor do IVA

Valor com IVA incluído:

Preço final = preço sem IVA + valor do IVA

Saiba como calcular o IVA ao pormenor.

Veja ainda como pode fazer a operação inversa de retirar o IVA a um determinado valor.