Ative as notificações para receber todas as novidades sobre Impostos, Finanças e Poupança.
Por: João Paulo Moura

Carros híbridos: vantagens e desvantagens

Entre as desvantagens dos carros híbridos encontram-se o preço e a autonomia. Já entre as vantagens encontram-se os consumos e a autossustentabilidade.

Mas antes de partirmos para os pormenores das vantagens e desvantagens dos carros híbridos convém clarificar o que é exatamente um carro híbrido.

O que são carros híbridos?

Os carros híbridos são veículos que aliam componentes de veículos a gasolina e de veículos elétricos, numa tentativa de junção do melhor dos dois tipos de veículos.

Um carro híbrido tem um motor de combustão e um motor elétrico, que trabalham juntos para poupar combustível. O carro utiliza o motor elétrico em baixos regimes, apoiado depois pelo motor de combustão quando é necessária mais potência.

Um híbrido “plug-in” é um carro que possui uma bateria que pode ser carregada diretamente por meio de uma tomada.

Vantagens: sinal +

Menores consumos

A principal vantagem dos carros híbridos está na poupança dos consumos. O proprietário de um carro híbrido não sente tanto o custo galopante dos combustíveis. Com o motor de combustão a ser utilizado de forma comedida, os consumos são mais reduzidos num carro híbrido, comparativamente a um carro normal a combustível.

Dois motores

Um carro hibrido disponibiliza dois motores para o condutor tirar o máximo partido da condução, para ter mais segurança e conseguir maior poupança.

Carregamento da bateria

Para mais, as baterias elétricas são recarregadas com energia derivada da travagem, ou quando ligadas à corrente, de acordo com o modelo do carro. Assim, o carro apresenta autossustentabilidade.

Potência

Como também possui um motor de combustão, normalmente a gasolina, o carro híbrido consegue utilizar esse motor quando é exigida mais potência, superando as deficiências que um carro de propulsão elétrica possa apresentar.

Emissões CO2

Os híbridos são amigos do ambiente, já que poluem menos do que os carros tradicionais, com as suas baixas emissões de CO2. Os carros elétricos, porém, emitem ainda menos gases poluentes.

Apoios

Existem apoios na compra de carros híbridos. A título de exemplo, o Orçamento do Estado 2017 contempla uma redução de ISV até 563 euros na compra de um veículo híbrido ‘plug-in’ novo.

Desvantagens: sinal -

Preço

A grande desvantagem dos carros híbridos é o seu custo inicial. Mesmo com os descontos na compra de veículos novos atribuídos pelo Estado, o preço de um veículo híbrido ainda é elevado, ficando mais caro do que um modelo semelhante a combustível. A longo prazo a compra pode compensar, mas a curto prazo é um grande impacto na conta bancária.

Autonomia

A autonomia é menor comparativamente a carros unicamente a combustível, obrigando a mais carregamentos de energia.

Baterias

As baterias dos carros híbridos não são reutilizáveis, sendo necessário comprar novas baterias, o que também provoca danos ambientais na altura da troca.

Performance

Com o peso das baterias e dos motores, os carros híbridos demonstram-se mais lentos na condução do que os veículos convencionais.

Segurança

Como os híbridos possuem uma grande quantidade de tensão nas baterias, em caso de acidente ou de salvamento podem suceder choques elétricos nos veículos.