Com o aproximar do regresso às aulas os pais querem apetrechar os seus filhos com tudo o que é preciso para um ano de sucesso escolar. Mas nem tudo é necessário e alguma compras acabam por ser um desperdício de dinheiro. Eis algumas coisas a evitar comprar com pressa, antes dos filhos voltarem às aulas.

O material escolar

Não comprar material escolar? Como assim? É simples. Ou compra material essencial como cadernos e canetas com antecedência no verão, antes dos preços de setembro, ou então deve esperar pelas primeiras semanas de aulas para ter a certeza do que é realmente necessário, para evitar gastar dinheiro indevidamente.

Telemóveis novos

Até os filhos mais pequenos querem ter um telemóvel. Esta não é no entanto a altura ideal para se comprar um smartphone ou telemóvel normal. Mais à frente, pelo outono, os preços começam a baixar, e ter um telefone logo no início das aulas pode distrair os filhos dos estudos, devendo-se esperar pelas férias para isso.

Para poupar, pode utilizar sites para comprar telemóveis baratos.

Um computador portátil

O mesmo se aplica a um computador portátil. Com a chegada de novos modelos nesta altura, os modelos imediatamente anteriores começam a apresentar novos preços, mais baixos. Custa sempre ter pago um bom preço por algo e poucos dias depois ver o mesmo produto ser vendido a um preço bem mais baixo.

Novas roupas e equipamentos

As crianças gostam de pedir sacolas e lancheiras novas para o regresso às aulas, por exemplo. O problema é que depois de verem os equipamentos dos amigos eles podem mudar de ideias quanto aos equipamentos que têm. Tente esperar umas semanas até os preços baixarem e as crianças saberem mesmo o que querem.

Quanto às roupas pode aproveitar os saldos de verão com a antecedência devida, ou esperar pelos saldos de inverno. Comprar roupa de outono nesta altura de regresso às aulas sai sempre mais caro.

Tome nota de 5 erros a evitar nas compras de regresso às aulas.