Os acréscimo à coleta surgem na nota demonstrativa da liquidação do IRS, mais precisamente no campo 20. Eles são tomados em consideração no cálculo da coleta líquida de IRS, somando-se ao imposto a pagar.

Acréscimos na coleta líquida

Para calcular a coleta líquida de IRS é necessário somar os acréscimos à coleta à coleta total e às deduções à coleta.

Os acréscimos à coleta são os montantes imputados ao contribuinte como penalização, quando este levanta dinheiro investido em aplicações fora das condições previstas que oferecem benefícios fiscais, como é o caso de penalização por resgate antecipado de PPR.

Acréscimo por incumprimento de requisitos

O contribuinte deve preencher o Anexo H do Modelo 3 do IRS quando haja lugar à aplicação de benefícios fiscais, dedução de despesas ou à obrigatoriedade de declarar acréscimos à coleta ou ao rendimento. Os acréscimos por incumprimento de requisitos deve ser incluído no anexo H no quadro 8. Este anexo não é individual, devendo incluir os respetivos membros do agregado familiar. Os valores inscritos neste quadro 8 serão apurados pelos sujeitos passivos de acordo com as normais legais que determinam os acréscimos.

Conheça os restantes campos da nota de cobrança do IRS.