8 Sintomas de que é um viciado em crédito

Saber identificar os sintomas de que é um viciado em crédito é o primeiro passo para inverter a situação. Caso contrário, continuará a gastar aquilo que não tem e poderá acabar numa situação de sobre-endividamento.

Hoje em dia, os créditos proliferam. Com algumas limitações para empréstimos de quantias mais avultadas, mas com muitas empresas a publicitarem os serviços de forma repetida e sistemática.

Paralelamente, os bancos “oferecem” cartões de crédito aos clientes. Dizemos oferecer porque nos chegam a casa sem os termos pedido, aparentemente gratuitos. Mas o certo é que os consumidores pagam por isso, nos juros cobrados.

Sinais de alerta de crédito

  • Usa o cartão de crédito todos os meses, de forma regular, como se fosse uma extensão do salário;
  • Paga todas as compras com o cartão de crédito;
  • Tem mais do que um cartão de crédito disponível na carteira;
  • Faz nova compra sem ter ainda pago ao banco a anterior que efetuou com o cartão, aumentando o valor em dívida ao banco;
  • Ao conferir o extrato, nem se recorda das compras que fez a crédito;
  • Deixa-se levar por todas as promoções por ter crédito disponível no cartão;
  • Aumenta de forma sistemática o limite máximo do seu cartão;
  • Tem o dinheiro contado para as suas despesas, mas recorre ao crédito para ir de férias.

Se se revê neste cenário, cuidado porque é sinal de que é um viciado em crédito. Está na hora de começar a fazer um plano onde contemple os seus rendimentos e as suas despesas para controlar melhorar as suas finanças e evitar uma situação de endividamento familiar.

O vício do crédito pode ser algo pessoal, mas é também um defeito coletivo. O antigo ministro da Economia Daniel Bessa apelidou a economia portuguesa de “viciada em crédito”, sobretudo ao nível empresarial.