7 Regras de Etiqueta no LinkedIn

Descubra as regras essenciais de etiqueta do LinkedIn. O LinkedIn não é tão sério como um local de trabalho mas requer sempre alguns cuidados nas abordagens.

Não convidar para o LinkedIn

A primeira regra do LinkedIn é não falar no LinkedIn. Isto é, existem pessoas que já fazem parte do LinkedIn, as quais devemos convidar, e as que ainda não fazem parte do LinkedIn, as que devemos deixar em paz, e não perturbar para entrar em mais uma rede social.

Veja as coisas a não fazer no LinkedIn.

Convidar uma só vez

Convidar mais do que uma vez a mesma pessoa para fazer parte de uma rede de contactos soa a desespero e a perseguição. O que se deve fazer é não retirar o pedido e deixar que a outra pessoa aceite ou recuse o convite. Ela receberá notificações que um convite está pendente.

Aceitar convites rapidamente

Por outro lado é indelicado não aceitar rapidamente convites. Aceitar imediatamente demonstra que se está em cima dos acontecimentos nesta rede social. Por norma, quanto maior a rede de contactos no LinkedIn, melhor, mas naturalmente que é válido recusar convites, quando se julga que o contacto em questão não valoriza em nada a rede, ou que só a piora, por exemplo.

Responder sempre

Mesmo que não tenha tempo para responder de momento a uma mensagem, envie uma mensagem telegráfica a dizer isso mesmo. Ignorar uma mensagem demonstra falta de consideração.

Atualizações q.b.

Convém atualizar o LinkedIn com frequência mas fazer publicações nesta rede social a toda a hora pode ser encarado como spam e resultar em bloqueio por parte dos contactos existentes. Uma vez por dia é suficiente para não se ser excluído nesta rede social.

Fotos profissionais

Esta é uma rede social mas em primeiro lugar uma rede profissional. A fotografia do perfil do LinkedIn, por exemplo, deve ser profissional, tal como num currículo. Esta rede social não é um desfile de moda, de estilo ou um álbum fotográfico das férias.

Dar recomendações

A melhor forma de receber é dar. Primeiro dê recomendações. Depois receba-as. Pedir recomendações não é muito bem encarado nesta rede social. Não dê contudo recomendações como se fossem panfletos publicitários. Seja moderado nos seus patrocínios. É a sua palavra que está em jogo. Também não é obrigado a fazer recomendações só porque as recebeu. Pese as suas recomendações.

As recomendações costumam ser verificadas pelos recrutadores. Veja o que os recrutadores pesquisam no LinkedIn.

Saiba ainda como melhorar o perfil do LinkedIn.