As modas vêm e vão e tornam a voltar e a ir. O mesmo se aplica ao dinheiro. Existem certas formas antigas de poupar dinheiro que se tornam pertinentes nos dias de hoje. Hoje tiramos o pó a alguns desses métodos antigos de poupança.

Brincar no jardim

Lembra-se quando os seus pais o despachavam para o jardim e você brincava de graça, puxando pela sua imaginação? Era divertido. Se resultou para si então também deve resultar para os seus filhos.

Dizer que não

Não dar ao seu filho uma consola de jogos neste Natal pode ser a melhor prenda que ele alguma vez recebeu (ou que nunca chegou a receber). Ofereça-lhe algo que estimule a sua criatividade e talento, como uma guitarra, por exemplo.

Fazer a marmita

Quem tem vergonha passa mal (ou gasta mais do que o devia). Deixe a vergonha e a preguiça de lado. Faça a marmita e leve-a para o trabalho ou para a escola. A quantidade de dinheiro que consegue poupar por fazer a sua própria refeição é enorme.

Usar a biblioteca

As bibliotecas modernas não cheiram a mofo, estando na verdade muito bem equipadas. Ao recorrer a bibliotecas está a poupar em luz, ar condicionado, aquecimento, internet, discos, filmes, jornais, revistas, e, claro, em livros.

Apontar despesas

Mesmo com todas as ferramentas informáticas disponíveis, hoje em dia as pessoas não tem mais o hábito de apontar as suas despesas. Para controlar os gastos e conseguir poupar dinheiro, aponte os seus gastos à imagem do que era costume antigamente. Não precisa de andar com o lápis na orelha e com o bloco no bolso, pode servir-se mesmo do computador.

Segundo emprego

Os rendimentos são poucos? Aposte num segundo emprego, como se fazia antigamente. O mais difícil pode ser mesmo encontrar um segundo emprego, quando hoje em dia já é difícil encontrar um, mas pode sempre trabalhar como freelancer por casa, na sua área de especialidade.

Mealheiro

Sim. Arranje um mealheiro ou um frasco para os trocos perdidos no carro e no bolso. Guarde os restos de dinheiro que tem nele. Um dia serão significantes.

Pode também guardar o dinheiro num local secreto e seguro por casa (debaixo do colchão não que toda a gente já conhece este truque). Ter o dinheiro no banco já não é muito vantajoso nos dias que correm.

Reflita sobre como viver no passado lhe faz poupar dinheiro.