Estas são 7 conversas a ter antes de casar no que respeita as finanças do casal. Existem conversas indispensáveis a ter com o parceiro antes do casamento, com as questões monetárias logo à cabeça.

Regime de casamento

Os noivos devem estar desde logo de acordo quanto ao regime de bens escolhido para o matrimónio. Esta é uma das burocracias de casamento a ter em conta.

Contas bancárias

Como se vão combinar as finanças do casal é uma preocupação que todos os casais devem ter. Uma solução adotada por muitos casais é a constituição de uma conta conjunta bancária para as despesas do casal.

Conheça as 8 perguntas difíceis a fazer à futura esposa ou esposo.

Gestão financeira

A gestão das finanças pode ficar a cargo de um membro do casal ou dos dois, cada qual com as suas tarefas, desde as compras do supermercado aos pagamentos bancários. O ideal é combinar desde cedo quem vai ficar responsável pela gestão financeira e como.

Casa

Quem casa quer casa. Mas o casal quer comprar casa ou arrendar uma casa? Cada opção tem as suas vantagens e desvantagens. Veja 4 perguntas a fazer antes de comprar casa.

Filhos

Quem quer casar talvez não esteja já a pensar no custo de ter um filho. Mas é uma realidade que surge brevemente e que acarreta custos, para a qual se pode começar já a planear e a poupar. Certos casais podem até estar em desacordo quanto à possibilidade de ter filhos.

Dívidas

Uma das coisas sobre dinheiro que devia saber antes de casar é que as dívidas de um membro casal afetam as finanças do casal em si. É importante que não existam dívidas por pagar antes do casamento, nem segredos sobre esta questão.

Projetos

Essencial é falar também das ideias para o uso do dinheiro. Convém estabelecer objetivos conjuntos como as férias, a compra de um bem de custo elevado ou o pagamento de determinado empréstimo, para assim se definir estratégias para alcançar esses projetos financeiros.

Não é um assunto muito romântico mas o dinheiro é um tema importante a analisar. Mais vale discutir o dinheiro antes do casamento (agradavelmente) do que depois (amargamente), quando o mesmo dinheiro pode dar azo ao divórcio. Veja como falar de dinheiro com a cara metade.

Pode ainda interessar-lhe saber como poupar para casar.