7 Coisas a não fazer no LinkedIn

Confira o que não fazer no LinkedIn, a rede social por excelência dos contactos profissionais. Evite cometer estes erros no seu perfil do LinkedIn.

1. Deixar perfil em branco

Deve preencher a sua página de perfil com todas as informações úteis do seu currículo. Para melhorar o seu perfil do LinkedIn deve colocar os cargos exercidos, os idiomas fluentes, links para trabalhos, a sua fotografia, palavras-chave, entre outros.

Saiba o que os recrutadores pesquisam no LinkedIn.

2. Colocar fotos indevidas

Não se deve confundir o LinkedIn com o Facebook, sobretudo no que respeita as fotografias. No LinkedIn só entram fotografias de perfil profissional, nada de fotografias informais ou mesmo sensuais.

Veja os erros a evitar na foto de perfil.

3. Mentir

Quem mente no currículo do LinkedIn pode ser descoberto, no caso dos recrutadores contactarem as devidas empresas. Numa era globalizada, é cada vez mais fácil obter informações sobre as empresas e os candidatos.

4. Cometer erros

Dar um simples erro gramatical pode deitar por terra uma candidatura. Tenha o cuidado de rever os seus textos. Fique atento aos erros de português mais comuns.

5. Ignorar a privacidade

Se procura emprego estando empregado deve ter o cuidado de colocar as suas ações e atualizações como privadas, caso contrário o seu empregador pode descobrir o que anda a fazer através do LinkedIn.

6. Pedir recomendações

Não encha a sua rede com pedidos de recomendações. Esta é uma regra de etiqueta no LinkedIn. Pode em vez dar recomendações. Muito provavelmente receberá recomendações de volta.

7. Cair no esquecimento

Não deixe a sua página do LinkedIn cair no esquecimento para não ter este mesmo triste fim nesta rede social. Faça publicações semanais, entre em grupos de interesse, siga a atividade das empresas, atualize o seu perfil frequentemente, aceite convites pertinentes etc.