Qual a melhor altura para casar? Quando a situação económica do casal estiver estabilizada.Quem está endividado não deve pensar para já em casar-se. Eis as razões que o explicam.

Casamento

A própria cerimónia de casamento pode ainda enterrar mais o casal na dívida. Organizar um casamento sai por tradição muito caro, a não ser que os pais paguem o casamento, ou o casal descubra formas de poupar para o casamento e de poupar no casamento.

Divórcio

Uma das principais razões para o divórcio é o stress do dinheiro. Casar endividado só piora a situação do casal. O fim de um casamento pode estar no começo de um casamento em que um único membro está em dívida.

Emergência

Em caso de emergência como faz o casal endividado? Numa emergência ele não pode receber um empréstimo pois já tem o nome na Central de Responsabilidades de Crédito.

Condicionamento

Estar endividado não permite também efetuar determinadas compras essenciais para uma vida a dois. Como reagir se a outra cara metade está endividada e isso condiciona desde logo o acesso por parte do casal a um crédito habitação?

Filhos

O casamento não se resume a viver a dois. Muitas vezes surgem filhos pelo caminho. São muitas despesas com as quais contar se o casal tiver um filho, e se já estava apertado para uma vida a dois, quanto mais para uma vida a três…

Relações cortadas

Estar em dívida resulta por vezes em pedidos de empréstimos a familiares e amigos. O problema é o que se segue. Empréstimos não pagos, relações cortadas, fim de amizades, sentimentos de culpa, zangas entre o casal, depressão, etc.

Descubra como sair da dívida e as perguntas difíceis a fazer à futura esposa ou esposo.