6 Frases que os Candidatos de Emprego Estão Fartos de Ouvir

Lidar com o desemprego não é fácil. Algumas frases de emprego (e de desemprego) são mais suscetíveis aos ouvidos dos candidatos de emprego. Se tem algum amigo, familiar ou conhecido à procura de emprego deve evitar dizer estas frases ou fazer as seguintes perguntas.

Ainda não arranjaste emprego?

O “ainda”, o “não”, e o “emprego” desta frase podem cair muito mal ao vulnerável candidato, como se dependesse unicamente dele encontrar um emprego.

Alguma novidade?

Se fizer constantemente esta pergunta, como a criança no banco de trás do carro que está sempre a perguntar se já se chegou ao destino, pode chatear o desempregado. Muitas vezes a procura de emprego não sai do sítio, e a culpa não é do candidato, que se tem esforçado bastante.

Quem me dera ter tanto tempo livre

Quem está empregado queixa-se do trabalho. Quem está desempregado queixa-se da falta de trabalho. Mas quem está desempregado não tem muito tempo em mãos, já que está ocupado a procurar emprego e o tempo livre que tem é passado com a consciência pesada de não ter um emprego.

Devias trabalhar em…

Existem várias formas de ajudar alguém desempregado, mas sugerir uma mudança de carreira, para uma área na qual a pessoa não tem o mínimo interesse, não é uma delas.

Vais mesmo candidatar-te a este emprego?

Duvidar das competências de um candidato para obter um certo emprego abana a confiança deste, sendo mais um gesto insensível.

Tens de falar com…

Nem toda a gente tem contactos que lhe valham nem o à vontade de pedir algo a desconhecidos. Para pessoas tímidas o networking é mais difícil e muitas vezes os contactos não conseguem mesmo ajudar de forma alguma.