Um casamento inesquecível não é sinónimo de uma festa cara. Conheça algumas formas de poupar no casamento sem pôr em causa a felicidade do momento.

Apesar do preço do casamento em Portugal ser elevado, é possível adotar estratégias de poupança para o casamento.

Desde a preparação da boda à festa em si, sem esquecer as recordações para os convidados e as fotos que ficam para a posteridade. Em tudo pode poupar muitos euros e não deixar de ter o seu casamento de sonho.

1. Escolher uma quinta low cost

No momento de escolher a quinta para o casamento deve pensar numa localização próxima para as famílias mas também deve ter em conta o fator do preço. Procure por quintas baratas para casar.

2. Reduzir a lista de convidados

Quando se decide casar, a primeira lista possível de convidados é sempre extensa. Os convidados comuns, os convidados da noiva e os convidados do noivo podem tornar a festa incomportável do ponto de vista financeiro. Restrinjam a lista ao máximo de forma a poupar no aluguer do espaço e nas refeições a servir no dia do casamento.

3. Fazer convites caseiros

Para formalizar os convites para o seu casamento, porque não começarem a fazer algo a dois? Em vez de os comprarem ou contratarem o serviço, façam convites caseiros e personalizados para aqueles com quem querem partilhar o momento. O mais simples, por norma, é o mais valioso.

4. Casar durante a semana

Pode parecer estranho, mas opte por casar à semana. E, de preferência, ao final do dia. São momentos em que os custos estão significativamente abaixo dos de um casamento tradicional ao sábado ou ao domingo.

5. Reduzir a ementa

A quantos casamentos já foram em que nada sobrou da ementa da boda? Não é comum acontecer. Pelo contrário. Mesmo em festas com muitos convidados, o habitual é sobrar muita comida. Se optarem por um serviço de catering, negoceiem a retirada de alguns elementos das tradicionais ementas. Por exemplo, os doces, reservando para esse momento o bolo de casamento, muitas vezes já negado pelos convidados que se sentem demasiado satisfeitos.

6. Abdicar do fotógrafo

Quer fotografias profissionais do seu casamento ou prefere algo menos formal e ficar com dinheiro disponível para outras prioridades? Se optou pela segunda hipótese, esqueça a reportagem fotográfica do casamento por parte de um profissional. Peça aos seus convidados que utilizem as suas máquinas para retratar o momento. Proponha que esse serviço seja a vossa prenda do matrimónio. No final, juntem todas as imagens e não faltarão provas do momento.

7. Oferecer recordações personalizadas

Se juntar a esse serviço fotográfico grátis uma boa impressora digital, podem poupar duplamente. Imprimam uma foto vossa com cada um dos convidados e ofereçam-na como recordação da boda. Será, certamente, um presente mais original do que os tradicionais brindes que de pouco ou nada servem exceto para deixarem a conta bancária mais pobre.

Conheça ainda 4 coisas que podem estragar o orçamento do seu casamento.