Qual o pior esquema de viagem? Entre os diferentes esquemas de viagens venha o diabo e escolha. Todos eles são de evitar, à semelhança dos esquemas de burla online e dos esquemas de verão.

A viagem gratuita

Tudo o que é de graça é de estranhar. Se lhe prometerem uma viagem gratuita em troca dos seus dados pessoais ou de uma sessão de apresentação desconfie. Se recebeu um vale de viagem gratuito telefone para o número que ele contém e tire as dúvidas, o mais provável é que tenha sido enganado.

O destino perfeito

Ao usar sites de reservas, fazendo reservas por terceiros, pode acabar por pagar por um determinado serviço que depois não corresponde à verdade. Antes de fazer reservas deve prestar atenção à opinião dos utilizadores no site do hotel ou de reservas e não se fiar muito nas fotografias disponibilizadas.

A volta grande

Você diz ao taxista que é novo na cidade e a viagem parece que nunca mais acaba…Farto de estar preso no trânsito e de passar pelos mesmos sítios? Talvez o taxista se tenha aproveitado de si.

A prestável ajuda

Ao usar serviços de transporte esteja atento às malas. Podem ser prestáveis ao tirar-lhe as malas da bagagem no fim da viagem mas também seletivos, esquecendo propositadamente uma mala na bagagem, mala essa que depois nunca mais vê.

A abordagem subtil

Quando lhe oferecerem convites e lhe fizerem perguntas na cidade, no meio da multidão, desconfie. A abordagem pode ser um pretexto para lhe roubar a carteira ou o telemóvel.

O falso rececionista

Estranhe se lhe ligarem (especialmente a meio da noite), se apresentarem como rececionistas do hotel e lhe disserem que houve um erro informático e que não conseguiram inserir os seus dados corretamente. Qualquer erro deve ser resolvido na receção e não por telefone. Muito provavelmente quem está do outro lado da linha é um burlão que ligou para o hotel e que está a tentar ficar com os seus dados pessoais, como o cartão de crédito.

Em viagem toda a segurança é pouca. Saiba como guardar dinheiro em viagem.