No princípio era o verbo, a palavra veio depois. Um dos verbos que os portugueses mais conhecem é o poupar. Ricos ou pobres, todos os portugueses sabem o que é poupar. Mas não custa nada conhecer dicas de poupança dadas por milionários. Afinal de contas, são eles os especialistas na área financeira.

Pagar o ordenado a si mesmo

Os milionários pagam a si primeiro e depois aos outros. A maioria das pessoas ao receber o ordenado começa por gastar e só depois por poupar. O ideal é poupar e só depois gastar. Estipule uma percentagem para poupança mensal e reencaminhe-a automaticamente da conta onde recebe o ordenado para uma outra conta de poupança.

Poupança caseira

David Cheriton é um dos bilionários que preferem cortar o cabelo em casa. É uma poupança económica anual astronómica, assim como uma importante poupança de tempo. Este é um exemplo de poupança caseira a ponderar.

Roupa confortável

As roupas de marca são um encargo pesado. Vários bilionários como o reputado professor de Stanford David Cheriton preferem usar calças de ganga, camisas ou t-shirts confortáveis, em vez de roupa de marca.

Não comprar luxos

É difícil imaginar, mas Carlos Slim, um dos homens mais ricos do planeta, não tem um avião ou um iate. Alguns milionários podem ter o que quiserem, mas escolhem só gastar no que é necessário.

Manter a simplicidade

Alguns bilionários como Warren Buffet ainda vivem na mesma casa, comprada há décadas atrás, preferindo viver numa moradia simples. Por mais (ou menos) dinheiro que receba, pode sempre escolher viver com pouca coisa mas boa, em vez de muita coisa mas menos boa (e desnecessária).

Poupar nos transportes

O português gosta de mostrar o seu carro. Porém, alguns bilionários, como John Caudwell e Chuck Feeney, que podem andar de helicóptero, preferem deslocar-se de bicicleta ou de transportes públicos pela cidade, fazendo exercício e poupando na carteira e no ambiente. Eles não o fazem por necessidade ou obrigação.