5 Motivos Para Ser Freelancer

Acha que está na hora de trabalhar para si mas ainda tem dúvidas? Damos-lhe 5 motivos para ser freelancer que o podem ajudar a dar o passo que falta rumo à independência profissional.

Independência

A independência é um dos motivos para ser freelancer que mais pesa na decisão. Falamos da possibilidade de ser chefe de si próprio, de definir as tarefas em vez de obedecer a ordens de um superior.

Horário flexível

Tudo depende da quantidade de trabalho e de clientes que tiver, mas ser freelancer é habitualmente sinónimo de um horário de trabalho mais flexível. Pode definir as horas de início e término da atividade sem ter um horário rígido a respeitar, sendo mais fácil conciliar com tudo o que resto que tenha para fazer.

Lucro só para si

Outro dos motivos para ser freelancer normalmente destacados por quem faz desta a sua forma de vida é o facto de ter o lucro do seu trabalho apenas para si. Ao trabalhar por conta de outrem, por muito que faça e que se esforce, os louros serão sempre para a empresa e não para o funcionário. Como freelancer, tudo o que faz só o destaca a si próprio.

Trabalhar onde quiser

Sobretudo para áreas mais criativas este poderá ser considerado o principal motivo para ser freelancer: a possibilidade de escolher o local onde trabalhar e de até ir variando esses locais. Não ter que ficar preso a um escritório ou a uma simples secretária é uma mais-valia desta forma de trabalhar.

Fazer o que gosta

De todos os motivos possíveis para ser freelancer, o Economias destaca mais um: fazer o que gosta. Ser freelancer não é ser obrigado a desempenhar esta ou aquela tarefa, mesmo que não o cative ou seja mesmo enfadonha. O profissional que decida trabalhar em regime de freelancer opta sempre por uma atividade que o atrai. Na maior parte dos casos, vê esta saída como a única possível para fazer o que mais gosta.

Fazer o que dá mais prazer, a nível profissional, tem vantagens ao nível da autoestima e da própria produtividade, mas acarreta também alguns inconvenientes. Por isso, aconselhamos também a analisar 5 motivos para não ser freelancer.