Os ditados sobre poupança transportam sabedoria económica de geração em geração. Poupar dinheiro é uma forma de preparar o seu futuro. Para estimular a formação de poupança pode decorar estes provérbios populares sobre poupança e dizer mentalmente os mesmos a si próprio, em momentos de tentação consumista.

No poupar é que está o ganho

O primeiro provérbio sobre poupança a reter é sobretudo motivador: o que se poupa hoje é para ser gasto com prazer amanhã. Poupar não deve ser visto como um mal mas sim como um bem necessário.

Grão a grão enche a galinha o papo

Este ditado popular pode ser sublinhado com outro: “devagar se vai ao longe”. É poupando aos poucos que consegue obter uma quantia considerável para realizar os seus desejos. Pode por exemplo colocar uma percentagem do seu ordenado para poupança automática. É um ditado popular sobre dinheiro a colocar em prática.

Mais vale poupar no princípio que no fim

Naturalmente, quanto mais cedo se começar a poupar, melhor. Este ditado popular de poupança surge no seguimento do anterior.

Poupar enquanto há; não havendo, poupado está

Lembre-se: “quem guarda, tem”. Existem coisas para as quais deve poupar por precaução. Caso não precisa de gastar nestas coisas tem o dinheiro pronto para outras a seu gosto.

A poupar se gasta e, a gastar se poupa

Lembre-se que “muito poupar é cobiça". Por vezes, a diferença entre ser frugal e forreta é ténue. Não caia no erro de poupar todos os cêntimos pois acabará por fazer maus negócios e perder diversão. Muitas vezes “o barato sai caro”. Saiba antes como gastar, para conseguir poupar.

Os ditados populares não se aplicam só à poupança. Confira os ditados sobre investimento e os ditados financeiros que lhe estão a sair caro.