5 Coisas que Você Não Possui e Tem de Pagar Por Elas

Algumas coisas são suas, tendo a responsabilidade de pagar por estas. Outras porém não lhe pertencem, mas tem de pagar na mesma por elas. Estes são alguns exemplos de despesas que tem de ter mesmo que não queira.

Contribuição audiovisual

A contribuição audiovisual é cobrada indiretamente ao cidadão por intermédio da fatura da eletricidade. Esta taxa tem como fim financiar o serviço público de radiodifusão e televisão. Você não possui a RTP, nem tem escolha na programação que ela passa, mas mesmo assim tem de pagar por ela.

Voto

Você tem o direito de votar mas cada voto reflete-se nas contas do partido em que votou. Segundo a lei do financiamento dos partidos políticos e das campanhas eleitorais, as várias cores políticas recebem 1/135 do salário mínimo nacional, no valor fixado em cada ano, por cada voto. São pouco mais de 3 euros que cada português paga por ano, para um partido político que não lhe pertence.

Automóvel

Se for jovem pode dar-se o caso do automóvel que utiliza ter sido comprado pelos pais e de estar no nome de um destes. Mesmo estando em nome de outros (o que acontece muitas vezes com o seguro automóvel, para ficar mais barato) é preciso pagar as despesas inerentes do próprio bolso (seguro, combustível, reparação, IUC, manutenção).  

Estrada

A estrada não é sua pelo que você tem de pagar pela sua utilização. Tem de pagar quando anda na auto estrada e tem de pagar para utilizar o seu próprio veículo, ao ser obrigado a pagar o Imposto Único de Circulação.

Água

Da mesma forma, as águas não são suas, tendo então de pagar um imposto de circulação se quiser colocar um barco na água.