Podem ser diversas as razões pelas quais sai do orçamento familiar. Em termos genéricos, porque faltou algum controlo, por alguma necessidade repentina a que dar resposta ou pela perda de certo rendimento.

Quando se elabora um orçamento familiar, tem-se em linha de conta os rendimentos e as despesas habituais. As periódicas e as que ocorrem em momentos pontuais do ano, como os seguros, por exemplo. Mas há situações inesperadas que o podem fazer sair do orçamento familiar.

Desemprego

É uma das mais comuns razões pelas quais os portugueses saem do orçamento familiar. Tudo estava planeado tendo em conta um rendimento mensal que deixa de receber. Ao ficar desempregado, perde-se o salário, mas mantêm-se as despesas. E deixa de fazer sentido o orçamento familiar anterior.

Problema de saúde

Quando algo afeta a sua saúde ou de um familiar mais próximo, a prioridade vai para o tratamento. Se o Serviço Nacional de Saúde não dá resposta naquilo que considera ser tempo útil e se não se precaveu com um seguro de saúde, depara-se com uma despesa inesperada. E que sai, certamente, do orçamento familiar pré-definido.

Comprar a crédito

De nada lhe servirá definir um orçamento familiar mensal se é utilizador compulsivo dos cartões de crédito. Como não vê o dinheiro a sair do bolso, facilmente sai desse orçamento porque não tem a noção exata de quanto gastou e quanto tem ainda disponível até ao final do mês. Só se aperceberá quando receber o extrato bancário ou consultar os movimentos pós cobrança da prestação.

Filhos em idade escolar

Os seus filhos estão a crescer e chega o momento de entrarem para a escola. Mesmo que frequentem o ensino público, as despesas obrigatórias com manuais e material escolar vão fazê-lo sair do orçamento. Quando o definiu, não contemplou essa evolução na família que traz novas despesas, sem que isso seja acompanhado de uma melhoria nos rendimentos. E como são despesas de que não pode abdicar, facilmente sairá do orçamento familiar que tinha elaborado até essa altura.

Aprenda a gerir o orçamento familiar.