4 Erros Financeiros a Evitar nos 20

A educação económica deve fazer parte da formação de qualquer jovem, para que não comprometam o seu futuro. Eis alguns erros financeiros a evitar nos 20 anos, se quer ter um início de vida adulta economicamente sustentável.

Aos 20 anos, muitos jovens poderão já estar a ganhar os seus primeiros salários. E o facto de receber essa quantia de dinheiro no final do mês pode ser tentador. Eis alguns erros a evitar para melhor gerir as finanças pessoais nesta faixa etária.

Comprar para mostrar

É de evitar comprar acima das possibilidades por pura ostentação. Como adquirir umas calças ou um casaco de uma determinada marca ou um telemóvel de última geração só para tentar impressionar os amigos ou a namorada.

Não poupar

Pensar que ainda é cedo para pôr dinheiro de parte é outro erro financeiro a evitar na casa dos 20. Neste início de vida adulta, muitas vezes associado à entrada no mercado de trabalho, a poupança deve fazer parte do orçamento mensal. Porque nunca se sabe o que o futuro nos reserva.

Fique com 4 regras de poupança na casa dos 20.

Abusar do cartão de crédito

Nesta idade é também de evitar começar a usar o cartão de crédito. Porque ainda se é inexperiente na gestão do orçamento, as facilidades oferecidas pelas instituições bancárias podem motivar um uso abusivo. E vir a traduzir-se, mais tarde, em situações de endividamento.

Recorrer aos pais

Se já trabalha e ganha o seu próprio dinheiro, um jovem de 20 anos deve evitar o erro financeiro de continuar a recorrer aos pais quando os euros não chegam. Esta é, aliás, uma das consequências de se gastar acima das necessidades e das possibilidades.

Além de evitar estes erros financeiros, há 4 passos económicos que toda a gente na casa dos 20 devia dar.