4 Apoios para empresas em dificuldades financeiras

Entre as soluções e os apoios existentes para as empresas em dificuldades financeiras destacam-se os seguintes.

Programa Revitalizar

O Programa Revitalizar destina-se à recapitalização de PME com planos de negócios viáveis, apresentando três fundos, geridos regionalmente, numa dotação total de 220 milhões de euros (80 milhões para o Norte, 80 para o Centro e 60 para o Sul)

As candidaturas devem ser efetuadas diretamente nas sociedades de capital de risco que gerem os fundos a nível regional. O limite máximo de capitalização por empresa equivale a 1,5 milhões de euros.

Pode saber mais sobre o Programa Revitalizar no site do IAPMEI.

PEC

O Procedimento Extrajudicial de Conciliação (PEC) tem o objetivo de viabilizar as empresas em situação de desequilíbrio financeiro, mas que sejam economicamente viáveis. É gerido igualmente pelo IAPMEI.

PME Crescimento

O PME Crescimento já não se destina a operações de reestruturação financeira e/ou consolidação de crédito, mas permite o investimento em ativos ou o reforço do fundo de maneio ou dos capitais permanentes, com o acesso ao crédito bancário em condições mais favoráveis.

No total são 2,5 mil milhões de euros bonificados pelo Estado colocados no mercado

SIRME

O SIRME (Sistema de Incentivos à Revitalização e Modernização Empresarial) não é propriamente um apoio mas uma solução. Ele incentiva as operações de fusão e aquisição de empresas em dificuldades, para as reestruturar.

Mais informações na página do IAPMEI.