11 Trabalhos que Resistirão à Tecnologia

No Economias já versamos sobre os melhores empregos para o futuro e sobre os piores empregos para o futuro. Desta vez olhamos para alguns exemplos de trabalhos que não deverão ser afetados pela tecnologia.

Educação

Apesar do avanço da tecnologia, o elemento humano é fundamental na aprendizagem e no desporto, sendo necessários professores, educadores, treinadores, personal trainers e explicadores, com programas personalizados. São boas profissões para quem gosta de falar em público.

Saúde

Até pode ser possível obter avaliações e receitas médicas por computador, mas a área de saúde nunca está em crise, com a crescente necessidade de profissionais que auxiliam as pessoas nas suas doenças ou emergências.

Mecânico

A mão e o olho humano são fundamentais na manutenção de veículos, onde é preciso avaliar as situações e proceder a diferentes tentativas para resolver problemas.

Canalizador

Da mesma forma, os canalizadores não serão uma das profissões em vias de extinção, face à necessidade e importância do seu trabalho.

Escritores

Na escrita também se encontram profissões salvaguardadas ao ataque das máquinas como escritores e editores. Apesar de um dia ser possível criar notícias e textos automaticamente por computador, a verdade é que é necessário ter alguém para escrever livros, rever e editar textos, e fazer fluir os textos.

Padres

Baudelaire defendia que só três profissões eram dignas de respeito: a do soldado, a do poeta e a do padre. Para matar, para criar e para saber. A sabedoria, a compaixão e a generosidade dos padres são difíceis de se produzir por máquinas, sobretudo na área da religião, onde a fé e o apoio humano são fulcrais.

Terapia

Não são só os padres que são relevantes para nutrir a vida espiritual. Psiquiatras, psicólogos e outros tipos de terapeutas são difíceis de substituir por máquinas.   

No futuro serão até necessários terapeutas para a desintoxicação tecnológica.

Cozinheiros

A produção de alimentos por tecnologia é já uma realidade, mas nunca comparável à confeção humana de comida. Para cozinhar com carinho, e para confecionar comida gourmet, é indispensável o selo de qualidade dos chefs de cozinha.

Artistas

Ter e transmitir emoções é algo que está reservado aos humanos. Apesar das máquinas conseguirem reproduzir comportamentos técnicos de forma exemplar, o sentimento nunca estará nessa execução. Músicos, atores, pintores, serão sempre apreciados pelo seu talento e capacidade de gerar emoções.

Gestores

A gestão será também difícil de concretizar por máquinas, visto a inteligência emotiva ser um fator essencial em gestão.

Políticos

Diplomacia, política, representatividade, são outros campos em que o homem não terá interesse em ser substituído por máquinas.