10 Regras simples para investir em imóveis

Gostava de investir em imóveis mas não sabe como começar? Investir em imóveis vale a pena, se a carteira não é pequena. Estas são as regras básicas de como investir em imóveis, que o vão ajudar no ramo imobiliário.

Investir em informação

Invista primeiro em si, em conhecimento. Por mais rendimentos que tenha, deve apostar primeiramente no conhecimento técnico e no entendimento do funcionamento do mercado.

Arranjar parceiros

Pode também dividir para conquistar. Ao contratar alguém com conhecimentos e experiência neste tipo de investimentos está a reduzir a margem e os custos de erro.

Divulgar disponibilidade

Passe a palavra pelos seus amigos de que está interessado em comprar imóveis. As oportunidades de negócio podem surgir do nada.

Pesquisar

Pode encontrar imóveis pelo computador, através de ferramentas de mapeamento como as que são disponibilizadas pela Google, mas o melhor é sair para a rua e conhecer os imóveis por dentro. Muitas fotos de imóveis são até enganadoras.

Ter visão

Coloque o gosto pessoal de lado. O imóvel não é para si. Outras pessoas podem gostar do imóvel que você não gostou. Todo o imóvel tem o seu potencial comprador.

Encontrar um preço

Descubra o preço do metro quadrado na zona do imóvel. Compre imóveis quando o mercado estiver baixo. Venda apenas os seus imóveis quando o mercado estiver mais em alta.

Localização, localização, localização

Não é só o preço que é importante. A localização também o é. Mesmo que o preço seja elevado, a localização excelente de um imóvel comercial, por exemplo, pode fazer valer o investimento em pouco tempo.

Lapidar usados

É no meio da lama que se encontra o ouro. É preciso não subestimar mas sim saber avaliar um imóvel usado. Depois de comprar o mesmo, há que conseguir lapidar esta pedra até a tornar bem brilhante e apetecível, para a vender a bom preço.

Pensar na utilização

Pense na utilização que os imóveis podem ter. Alguns imóveis residenciais são maus investimentos se forem comprados para uso habitacional mas bons se forem transformados em imóveis comerciais (e vice-versa).

Usar a cabeça e não o coração

Tenha a certeza absoluta do que vai fazer antes de assinar um papel. Durma sobre o assunto, por melhor que a oportunidade lhe pareça (o problema até pode estar aí, em ser bom demais para ser verdade). Por vezes, o melhor é mesmo desistir de um negócio. Não faltam imóveis por aí e negócios a concretizar.