A preguiça é um pecado capital também para a sua carteira. Este é um dos maus hábitos comportamentais que influenciam a sua poupança. Não acredita? Ora veja.

Não cancelar assinaturas

Pode melhorar as suas finanças numa semana ou mesmo em 5 minutos. O essencial a fazer em qualquer um dos casos é cortar em determinadas assinaturas que não utiliza, ou mudar para um prestador de serviços mais barato.

Ignorar pormenores e não comparar

Por uma questão de preguiça costumamos comprar algo sem ver os seus termos ao pormenor. À primeira boa oferta que nos surge assinamos um contrato. É necessário contudo comparar os vários produtos disponíveis no mercado e todos os seus parâmetros, já quem nem sempre a que parece ser a melhor opção o acaba por ser na realidade.

Não usar descontos

Eles podem chegar por correio, por e-mail ou por telemóvel. Aproveite os descontos que recebe por mensagem para obter menores preços nas suas compras.

Comprar à última da hora

Sejam as compras de Natal ou as passagens aéreas, sempre que deixa algo para a última da hora acaba por pagar mais caro do que era esperado. Compre com antecedência sempre que possa para conseguir poupar dinheiro.

Não pagar as contas na hora certa

Existem razões para pagar as contas mal elas chegam. Uma delas é fugir às multas e ao pagamento de juros. Lembre-se disto sempre que tiver preguiça de pagar alguma conta.

Alimentar-se mal

Alimentar-se com comida rápida e gordurosa por preguiça prejudica a sua saúde.

Não visitar o médico

Adiar indefinidamente a visita a um médico para fazer exames de rotina também pode ter consequências drásticas.

Não visitar o banco

Não saber como evitar pagar comissões na sua conta à ordem ou não negociar os seus contratos com o banco também lhe reduz o orçamento. Visite o banco para se informar sobre todos os custos com as suas contas e aplicações e para melhorar as suas finanças.

Não se informar

Se tem dinheiro parado podia investir e ganhar mais dinheiro através da aplicação dos seus rendimentos. Informar-se é uma das regras básicas do investimento.

Ver muita televisão

Sim, não duvide: ver muita televisão custa-lhe uma fortuna e estas são as razões que o comprovam.

Depois de identificar o mal é altura de praticar o bem. Confira os hábitos essenciais a manter.