Sobretaxa Extraordinária IRS

Em 2014, a sobretaxa extraordinária sobre o IRS mantém-se em 3,5%, tal como em 2013. Assim todos os meses, os trabalhadores do setor público e privado verão o seu salário mensal reduzido em 3.5%.

A este agravamento de 3,5% nos impostos dos portugueses, acrescem ainda os aumentos resultantes das alterações dos escalões de IRS de 2013.

Funcionários públicos acumulam cortes com sobretaxa de IRS

Em 2014, os funcionários públicos e de empresas do estado sofrem cortes progressivos entre 2.5% e 12%, a partir de 600€ mensais brutos. Acima de 2000€ brutos mensais, o corte será sempre de 12%.

Para além destes cortes, é ainda subtraído ao salário o valor de 3.5%, correspondente à sobretaxa extraordinária de IRS.

Isenção da Sobretaxa Extraordinária sobre o IRS

Aos trabalhadores cujos rendimentos mensais não ultrapassem um salário mínimo nacional (485€), não é cobrada sobretaxa no IRS 2013.

Como Calcular

Para calcular a sobretaxa extraordinária que vai pagar no IRS 2013, deverá:

  1. Retirar ao seu salário bruto as contribuições para o IRS e para a Segurança Social.
  2. Ao valor a que chegar, deve retirar ainda um salário mínimo nacional (485 euros).
  3. A sobretaxa de 3,5% é aplicada sobre o valor final depois destas contas.

Veja como calcular a sobretaxa e o seu salário líquido (salário final já com os descontos) passo a passo.

Veja também as novas tabelas de IRS para 2014, e se quiser pode usar a nossa calculadora para simular de forma automática o seu salário líquido mensal.

Atualizado em 20/03/2014
Economias, informação útil para o seu dia-a-dia. © 2013-2014 7Graus