Preço da Legalização de Carros Importados

Legalizar carros importados é um processo extensivo, que comporta diversos custos em diferentes fases.

Despesas da legalização de carros importados

Existem várias despesas intrínsecas ao processo de legalização de viaturas importadas:

  • deslocações
  • transporte do veículo para Portugal (em reboque ou pelo próprio com seguro de viagem)
  • inspeção automóvel
  • compra de matrícula temporária
  • obtenção e registo de matrícula
  • documentação (DUC, DAV)
  • impostos (IUC e ISV).

Em média estas despesas rondam os 1500€, mas existem empresas que facilitam a legalização tratando do processo burocrático, cobrando à volta de 200€ (sem contar com as despesas inerentes). Clubes automóveis como o ACP podem ajudar neste serviço.

Além destas despesas, também é preciso ter em conta as características do veículo, que influenciam o preço a pagar pela legalização:

  • preço de venda ao público
  • ano de fabrico do veículo
  • tipologia do combustível
  • cilindrada
  • emissões de CO2

Cálculo da legalização automóvel

O cálculo da legalização de carros importados pode ser facilitado pelo recurso a simuladores. Um simulador oficial encontra-se na página das Finanças. Este simulador calcula o ISV (Imposto Sobre Veículos), um imposto único, a pagar pela matriculação de um veículo em Portugal. Neste imposto, os carros usados têm um desconto consoante a idade:

1 a 2 anos20%
2 a 3 anos28%
3 a 4 anos35%
4 a 5 anos43%
Mais de 5 anos52%

Relativamente a carros usados, a maioria dos países comunitários não cobra IVA (Portugal incluído) mas existem outras taxas residuais aplicadas nas transações de usados.