Deduções com Saúde no IRS 2013

As deduções com saúde no IRS 2013, referente aos rendimentos auferidos em 2013, podem abranger 10% das importâncias dispendidas com o limite máximo de 838.44 euros.

Apenas os agregados com 3 ou mais dependentes podem ultrapassar este valor (com o aumento de 125,77 euros por dependente).

Deduções à Coleta com Saúde no IRS 2013

DeduçãoNão CasadoCasado

Despesas de saúde (incluindo juros de dívidas contraídas para o seu pagamento isentas de IVA ou sujeitas à taxa reduzida).


Outras despesas de saúde, sujeitas à taxa normal de IVA, justificadas com receita médica.

10% das importâncias despendidas
com o limite de
838, 44€. *

10% das despesas com o limite de 65€ ou de 2,5% do total das despesas de saúde se superior. *

10% das importâncias despendidas
com o limite de 838, 44€. (*)

10% das despesas com o limite de 65€ ou de 2,5% do total das despesas de saúde se superior. (*)

(*) - Na situação “separado de facto” o limite é reduzido a 50%. Nas situações em que exista um limite para casados e outro para não casados, aplica-se o menor dos limites.
* - Nos casos em que, por divórcio, separação judicial de pessoas e bens, declaração de nulidade ou de anulação de casamento, as responsabilidades parentais relativas aos filhos são exercidas em comum por ambos os progenitores, as deduções à coleta são consideradas em 50% dos montantes fixados ou dos limites previstos para as deduções à coleta.

Apresentação do NIF

É obrigatória a indicação do NIF de todos os dependentes, ascendentes ou colaterais para os quais são invocadas deduções.

Atualizado em 28/01/2014
Economias, informação útil para o seu dia-a-dia. © 2013-2014 7Graus